Os prefeitos das nove cidades da Baixada Santista decidiram, em reunião na manhã desta quarta-feira (3), que as definições em relação à realização da queima de fogos e shows na virada do ano serão individuais. Cada município ficará responsável pela realização ou não de eventos durante a temporada de verão e os protocolos de segurança a serem seguidos. Santos, Praia Grande, São VicenteGuarujá Bertioga já anunciaram que não farão queima de fogos, para evitar aglomerações na faixa de areia das cidades. 

No dia 26 de outubro, uma reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb) já havia definido que as praias da região ficarão liberadas para o acesso de turistas e moradores durante o Réveillon. 

Reforço na segurança 

Uma reunião entre as nove prefeituras e as secretarias de Desenvolvimento Regional e Segurança Pública do Governo do Estado será marcada para discutir o reforço na segurança da Baixada Santista durante o final do ano. 

Réveillon: queima de fogos na Baixada Santista será definida pelos municípios