Entidades da região que atendem pessoas com deficiência participaram ontem (22) de escuta setorial para elaboração do Plano Regional de Mobilidade Sustentável e Logística da Baixada Santista (PRMSL/BS). A videoconferência, dirigida a pessoas com mobilidade reduzida, abordou as dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiências visuais, auditivas e físicas nos deslocamentos diários.

Transporte público adequado, piso tátil, calçadas e guias acessíveis, além de itinerários em braile, foram algumas das necessidades apontadas pelos participantes da escuta setorial, realizada pela Setec Internacional e Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem,). A ação integra a fase de diagnóstico do PRMSL/BS. A próxima etapa será a realização de oficinas para debater as diretrizes apontadas, seguidas de audiências públicas e fóruns metropolitanos, que visam elencar problemas e soluções para a mobilidade regional.

Pessoas com mobilidade reduzida participam de escuta para a elaboração de plano regional