A quarta etapa da pesquisa que mapeia a transmissão da Covid-19 na Baixada Santista foi iniciada nesta quarta-feira (17). Cerca de 250 profissionais de saúde das nove cidades foram às ruas para aplicar em torno de 10 mil testes rápidos em voluntários e identificar quantos deles já tiveram contato com o novo coronavírus.  A expectativa é que os trabalhos se encerrem na sexta-feira (19) e que os resultados do levantamento, denominado Epidemiologia da Covid-19 na Baixada Santista (Epicobs), sejam divulgados no início da próxima semana.

Inicialmente previsto para ser realizado em quatro etapas, o estudo será estendido em Santos por tempo indeterminado. A cada 15 dias, equipes de enfermagem realizarão testes rápidos em pessoas escolhidas aleatoriamente, com perfis previamente identificados por sistema computadorizado. A continuidade se deve ao fato de a estratégia adotada já ter se mostrado essencial para a tomada de decisões no enfrentamento à pandemia de covid-19.

Segundo dados da Fundação Parque Tecnológico de Santos, responsável pela coordenação da pesquisa, a primeira etapa mostrou que 1,4% da população da Baixada Santista havia se contaminado. Entre a primeira e a segunda etapas, foi identificado avanço de 60% no número de casos de covid-19 na Baixada Santista, de 1,4% da população já infectada para 2,2%. Entre a segunda e a terceira, o avanço foi de 75%, com 3,8% de infectados.

O Epicobs reúne mais de 40 pesquisadores de todas as universidades da região e tem apoio da Associação Comercial de Santos. Além disso, foi aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, do Conselho Nacional de Saúde. A compra dos testes rápidos para as quatro etapas foi financiada pelo Fundo de Desenvolvimento Metropolitano, com aprovação do Condesb (Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista).

Fonte e fotos – Divulgação Prefeitura de Santos

Testes da quarta etapa de pesquisa sobre a Covid-19 prosseguem até sexta-feira na Baixada Santista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *