Utilização

Qualquer trabalho de planejamento requer no mínimo a existência de um mapa cartográfico, de pontos topográficos e de fotografias aéreas que possam subsidiar os trabalhos de projetos e obras, sejam elas voltadas ao planejamento regional (do conjunto de cidades), planejamento urbano (de cada cidade ou áreas específicas das cidades) e planejamento de obras e projetos de engenharia.

Exemplos de aplicação

• projetos industriais, residenciais ou comerciais podem ser elaborados sobre plantas de terreno levantadas por topógrafo no local a partir de pontos cartográficos, ou originar-se sobre plantas já existentes como as do Sistema Cartográfico Metropolitano;

• os planos diretores municipais e regionais podem ser desenvolvidos a partir de mapas do Sistema Cartográfico Metropolitano, onde são considerados traçado de vias, topografia de terreno, corpos d’água, complexidade ambiental, etc;

• procedimentos judiciais relativos a demarcação de terras, divisas, licenciamento ambiental, EIA-RIMA, entre outros, devem ser elaborados sobre plantas topográficas e se referenciar em marcos oficiais, tais como os contidos no Sistema Cartográfico Metropolitano;

• projetos acadêmicos podem ser elaborados e localizados com a utilização de cartas planialtimétricas e ortofotocartas do SCM-BS.

Voltar para o topo