Grupo de trabalho do Condesb inicia debate sobre uso do aço na construção civil

       0

Grupo de Desenvolvimento Econômico do Condesb recebeu o analista comercial da Usiminas, Marcelo Machado.

Representantes de prefeituras e sindicatos da região participaram da reunião, na Agem. (Fotos: Assessoria de Imprensa/Agem)

O grupo de trabalho formado pelo Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) para discutir ações de estímulo à economia na região reuniu-se nesta quinta-feira, 11 de janeiro, para conhecer soluções para o uso do aço na construção civil, com o objetivo principal de buscar alternativas para habitações de interesse social.

Durante o encontro, realizado na sede da Agência Metropolitana (Agem), em Santos, Marcelo Oliveira Machado, analista comercial da Usiminas, falou sobre as diversas aplicações e vantagens do material. De acordo com ele, “o aço é uma excelente alternativa estrutural” que possibilita otimizar os canteiros de obras (menos resíduos e fluxo de veículos, por exemplo) e reduzir o tempo de construção, já que as estruturas vêm prontas da indústria.

Questionado sobre a durabilidade do material, em razão do clima na Baixada Santista, o analista lembrou que navios são feitos de aço e destacou, ainda, a utilização do metal nas atividades de exploração do pré-sal. “O fundamental é ter um bom projeto, porque não pode haver desnível e não há como fazer mudanças depois da estrutura pronta, o aço não permite modificações estruturais no meio da obra. Por isso, é importante considerar as especificidades do local da construção e usar o material adequado, tanto com relação ao tipo de aço quanto ao da tinta para pintura, evitando gastos com manutenção. E tem que seguir as normas técnicas. Hoje, há até estruturas para janelas, além de decks para suportar lajes e placas para paredes de drywall”, afirma.

O diretor-executivo da Agem, Hélio Vieira, considerou o encontro positivo e afirmou que o próximo passo é trazer representantes de construtoras que estejam utilizando o aço na habitação de interesse social. “Precisamos aprofundar esse debate. Houve uma evolução nas normativas técnicas e há aspectos legais que precisamos discutir para saber como viabilizar parcerias, tanto com os governos estadual e federal, para captar recursos, quanto com empresas e órgãos de capacitação, uma vez que essa técnica exige mão-de-obra bem qualificada”.

Participaram representantes das prefeituras de Bertioga, Cubatão, Guarujá e São Vicente; da CDHU, dos sindicatos dos Trabalhadores da Indústria Química e dos Engenheiros do Estado e da Federação dos Metalúrgicos.

Marcelo Oliveira Machado, da Usiminas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Artigos relacionados

Condesb aprova ações na área habitacional e libera recursos para S. Vicente e Itanhaém

O tema habitação foi destaque na última reunião do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), realizada nesta quarta-feira, 20, na sede da Agência Metropolitana (Agem), em Santos. Os conselheiros (prefeitos e representantes de órgãos estaduais) autorizaram o Fundo de Desenvolvimento a reservar R$ 600 mil para a Agem firmar contrato com a Emplasa (empresa […]

LEIA MAIS →

Alunos da extensão universitária ´Cidades Inteligentes e Sustentáveis` recebem diploma

A reunião do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), nesta quarta-feira, 20, foi aberta com a entrega de diplomas para 20 agentes públicos formados no curso de extensão universitária ´Cidades Inteligentes e Sustentáveis`, promovido pela Faculdade de Tecnologia da Baixada Santista (Fatec Rubens Lara) em parceria com a Agência Metropolitana (Agem). O professor Jorge […]

LEIA MAIS →

Reunião do Condesb acontece nesta quarta, dia 20, na sede da Agem, em Santos

Acontece nesta quarta-feira, 20 de dezembro, a última reunião de 2017 do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb). O encontro dos prefeitos e representantes de órgãos estaduais será na sede da Agência Metropolitana (Agem – Rua Joaquim Távora, 93, 10º andar, em Santos), a partir das 9h30. O tema habitação é um dos destaques […]

LEIA MAIS →

Ministro da Saúde apoia proposta de consórcio regional para compra de medicamentos

“Consórcios intermunicipais são a saída para a saúde nas Regiões Metropolitanas.” A frase dita em outra ocasião foi ratificada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, segunda-feira, 11 de dezembro, durante o painel A Região em Pauta, promovido pelo Sistema A Tribuna, em Santos. O apoio foi recebido com entusiasmo pelo prefeito de Praia Grande, Alberto […]

LEIA MAIS →

Aprovada, minuta do Plano de Desenvolvimento Integrado segue para o governador

O Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) aprovou na manhã desta terça-feira, 28, em Mongaguá, a minuta de projeto de lei que institui o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI) da região. Por intermédio da Subsecretaria Estadual de Assuntos Metropolitanos, a proposta segue, agora, para a assessoria jurídica do governo de São Paulo. Sairá do […]

LEIA MAIS →
Voltar para o topo